Cães da raça pit bull pode colocar pessoas em risco

A raça Pit Bull pode ser considerada polêmica, pois já foi banida em diversos países. Além disso, vira e mexe algum cão dessa raça estampa notícias sobre terríveis ataques. De um lado há quem diga que o pit bull é violento por natureza, e outros atribuem a agressividade do animal pela forma que ele é criado, afinal, nem todos os cães da raça apresentam comportamento agressivo.

O passado do Pit Bull é originado por diversos cruzamentos, tendo como finalidade, um melhor desempenho numa rinha de cachorros.

Veja alguns casos, recentes, de ataques violentes de cachorros dessa raça:

Locadora de Pit Bulls

No dia 3 de março desse ano, um cachorro fugiu do seu posto de trabalho e invadiu um pet shop, onde atacou: um cão de grande porte, clientes e funcionários do estabelecimento.

Todos tiveram que se trancar numa sala dentro do pet shop e observar o animal andando pela loja através de câmeras de segurança.

Esse pit bull tinha sido alugado num canil para prestar serviços de segurança de terrenos e estabelecimentos comerciais. Muito provavelmente este cão recebeu treinamento para o ataque, fazendo com que apresente comportamento agressivo.

Os funcionários do pet shop conseguiram ligar para a empresa fornecedora dos cães. Uma pessoa foi até o local e conseguiu domar o animal.

Bebe é atacado por em Pernambuco

Em janeiro de 2017 no bairro de Jaboatão Velho, no município de Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. Um bebê de 10 meses foi atacado por um pit bull. A criança ficou em estado grave, sendo internada na UTI pediátrica no hospital da restauração.

O bebê estava sendo supervisionado pela irmã de 13 anos, pois a mãe trabalhava no momento. Ele se levantou da cama e engatinhou para fora do quarto. A irmã que estava dormindo não percebeu a sua ausência.

Estando fora do quarto, ele foi em direção ao cão que estava preso numa corrente do lado de fora da casa. O animal conseguiu puxar a criança, que foi socorrida momentos depois por vizinhos, que ouviram o ataque.

Para libertar a criança do animal, eles tiveram que matá-lo com tijolos e pedaço de pau, já que o bicho não largava a vitima.

Pit Bull ataca estudante no ponto de ônibus

Jhonatan Cauai Rigo Bobato, de 20 anos, é dono de um Pit Bull que atacou uma estudante num ponto de ônibus. O rapaz chegava em casa e manobrava o carro para entrar na sua garagem. Momento esse aproveitado pelo animal, que fugiu e foi direto atacar a moça no ponto de ônibus.

Ele deu várias mordidas nela, que chegou a derrubar a vitima. Ela ficou com ferimentos no rosto, nas costas e no braço direito.

Apesar da ocorrência, Jhonatan disse que sempre tomou todas as precauções com o animal e o que houve foi uma fatalidade. Ele ressaltou que já tem o Dior, nome do Pit Bull, a mais de 2 anos e essa foi a primeira vez que algo do tipo aconteceu.

Enfim, animais de qualquer espécie têm seus instintos, e cada raça tem caracterísiticas físicas e comportamentais que podem ser potencializadas de acordo com sua criação e treinamento.

 

This entry was posted in Postagens. Bookmark the permalink.