Depois do acordo entre o governo e as Farc o rio de cinco cores da Colômbia passou a receber mais visitantes

Image result for Caño Cristales

As águas do rio Caño Cristales são cristalinas, e mostram o seu leito como se fosse um tapete de cores amarelas, azuis, violetas, cor-de-rosa e vermelhas, que ficam mais fortes com o sol. De acordo com pesquisadores, as algas que existem nele somente são encontradas nessa região do mundo, sendo elas que ocasionam essas cores. Essas diversas cores podem ser apreciadas entre os meses de maio e novembro, período em que as chuvas são mais frequentes.

Após diversos anos sem receber turistas, o Caño Cristales, também chamado de “rio de cinco cores”, passou a ter mais visitações depois de muito tempo de lutas dentro do território colombiano. Esse rio está localizado na cidade de

La Macarena, onde suas águas coloridas passam no sul da Colômbia, e que durante muitos anos serviu de reduto para os militares das Farc e que atualmente, passou a ser um partido político colombiano.

A região por onde o rio passava integrava um território com mais de 42.000 km², que por diversos anos os integrantes das Farc eram os únicos que podiam ingressar nessa área, que era chamada de balneário das Farc. O ex-presidente da Colômbia, Andrés Pastrana, usou essa área na negociação de paz com as Farc, entre 1999 e 2010.

Essa região também foi chamada pelo atual presidente do país, Juan Manuel Santos, de “clube de campo de Mono Jojoy”, que era um perigoso líder guerrilheiro que mandava na região, e que foi morto em 2010 em uma ação militar.

Desde que essa região deixou de fazer parte das Farc, sendo formada por quatro cidades localizadas no centro-sul da Colômbia, a região passou a ser procurada para visitações. Depois que foi firmado  um acordo de paz no final de 2016,  o rio de cinco cores surgiu como uma das principais atrações do país.

Em 2010, foram apenas 1.500 turistas aventureiros que exploraram o local, mas em 2016 cerca de 15.000 visitantes conheceram a região desse rio. Mas essa libertação da área não foi benéfica somente para o setor turístico da região, os habitantes de La Macarena podem atualmente viver em paz, e deixar para trás as histórias violentas vividas por diversos anos, e colher os frutos que o setor turístico trará para o local.

 

This entry was posted in Postagens. Bookmark the permalink.