Flavio Maluf cita dados sobre a melhora nas perspectivas para empreender em 2017

Inflação mais baixa, diminuição da Selic e corte de juros por parte de alguns bancos são excelentes notícias para quem pretende montar um negócio em 2017. Contudo, é importante ter em mente que a situação ainda requer cuidados.

Empreender tem sido algo bastante complexo no Brasil, especialmente nos últimos dois anos. Isso porque, além de enfrentar um mercado extremamente concorrido em quase todos os segmentos, desde 2014 que o empreendedor brasileiro tem que lidar com os efeitos do agravamento da crise econômica, que prejudica a todos, mas principalmente aos iniciantes.

 

No entanto, como reporta o empresário brasileiro Flavio Maluf, presidente das empresas Eucatex, esse cenário parece estar começando a ter uma leve melhora. Obviamente, assim como 2015, o ano que se encerrou recentemente foi muito ruim para quem queria montar um negócio. Porém, os dados da economia ao final de 2016 foram melhores do que o que apontavam as análises dos especialistas. Até mesmo a inflação, que foi um dos aspectos mais negativos dos anos anteriores, fechou o ano em um patamar razoável.
Fazendo uma comparação, a inflação anual de 2015 foi de 10,67%, enquanto que essa porcentagem ficou em 6,29% no ano passado, noticia Flavio Maluf. Ou seja, além de cair bastante, o índice final de 2016 ficou abaixo das previsões do mercado, que apontavam para uma inflação de 6,35%, e também foi inferior ao teto da meta do governo, que era de 6,5%.
Com esses números melhores em relação à inflação, o Banco Central decidiu baixar a taxa de juros básica da economia brasileira. O corte na Selic de 13,75% para 13% ao ano foi anunciado ainda na primeira quinzena de janeira. Além disso, seguindo os dados da economia nacional em geral, alguns dos principais bancos do país anunciaram reduções nas taxas de juros de várias linhas de crédito, tanto para pessoas físicas como para pessoas jurídicas, o que é mais um ponto a favor daqueles que estão pretendendo empreender este ano, informa Flavio Maluf.
O empresário ressalta que, de acordo com o que têm dito os especialistas no assunto, todas essas mudanças no cenário econômico brasileiro indicam que as chances de obter sucesso com um novo negócio em 2017 será bem maior do que nos anos anteriores.

 

Além de haver uma tendência favorável ao aumento do poder de compra dos brasileiros nos próximos meses, o que é excelente para novos empreendimentos, os dados supramencionados, especialmente a redução das taxas de juros por parte dos bancos, facilitam a obtenção de crédito por parte daqueles que estão montando um novo negócio. Sendo que, a restrição ao crédito foi um fator determinante para que muitos negócios fechassem as portas nos últimos três anos, lembra Flavio Maluf.

 

Contudo, apesar desses pontos positivos, ainda é necessário ter cautela no momento de empreender. Nesse sentido, Flavio Maluf reporta que, segundo os especialistas, além de tomar todos os cuidados comuns antes de abrir um negócio, como pesquisar amplamente o segmento em questão e fazer um bom planejamento, é necessário adotar algumas precauções adicionais. Sendo que isso diz respeito principalmente à análise do cenário para os meses seguintes.

 

Também é essencial não fazer investimentos muito vultosos, pois apostar tudo em um negócio que, embora seja promissor, está inserido em um contexto geral rodeado de incertezas, pode ser o primeiro passo para a falência.

 

This entry was posted in Postagens. Bookmark the permalink.