Prisma Fiscal, do Ministério da Fazenda, estima déficit de 148 bilhões para 2017

No boletim divulgado pelo Ministério da Fazenda nesta quinta-feira (12/01), conhecido como Prisma Fiscal, os economistas da Secretaria de Política Econômica (SPE) preveem um déficit de 148,358 bilhões de reais para este ano. A projeção teve como referência o mês de dezembro de 2016, e diferiu pouco da pesquisa realizada em novembro do mesmo ano, que previa cerca de 151,736 bilhões de reais negativos nas contas públicas. Para os analistas do mercado financeiro, o Governo Central (que abarca as contas do Banco Central, Tesouro Nacional e Previdência Social) não conseguirá cumprir a meta fiscal estabelecida para 2017, fixada em 139 bilhões de reais negativos.

Os dados publicados no Prisma Fiscal do mês também mostraram uma estimativa de R$ 1,160 trilhão para a receita líquida do governo central em 2017. O documento ainda divulgou a estimativa de arrecadação total projetada para o ano, que de cerca de R$ 1,356 trilhão anteriormente esperado, caiu para R$ 1,345 trilhão.

Em relação à despesa total do governo central esperada para 2017, o Prisma Fiscal projetou o valor estimado de R$ 1,312 trilhão. É uma leve queda se comparada com a expectativa anterior dos economistas, que previam gastos totais de despesa em cerca de R$ 1,315 trilhão para o ano. Os especialistas também reduziram a porcentagem da projeção da Dívida Bruta do Governo Geral: de 77,70% do PIB, anteriormente estimado, o relatório agora espera 76,80% do PIB para a Dívida Bruta do Governo em 2017.

O boletim Prisma Fiscal também trouxe uma perspectiva mais favorável para as projeções mensais deste trimestre. Para o mês de janeiro, o relatório estima um superávit de 3,588 bilhões de reais; a projeção anterior apontava 2,811 bilhões de reais. Para o déficit primário do mês de fevereiro, dos 23,706 bilhões de reais anteriormente estimados, o relatório agora prevê 24,183 bilhões de reais. Já para o mês de março, é previsto um déficit primário de 9,865 bilhões de reais. O valor para o saldo negativo publicado pela análise anterior do relatório era de 9,960 bilhões de reais.

O relatório da Secretaria de Política Econômica do Ministério da Fazenda ainda publicou, pela primeira vez, as projeções de mercado para o resultado fiscal do Governo Central no ano de 2018. Os especialistas em economia estimam um valor de déficit primário de 125,928 bilhões de reais para o próximo ano. Na projeção de meta anterior. publicada no relatório Prisma Fiscal de 2017, os especialistas estimavam um saldo negativo de 79 bilhões de reais no resultado fiscal do Governo Central para o ano de 2018.

Sobre o relatório

Publicado pela Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Fazenda, o boletim Prisma

Fiscal é basicamente um sistema de coleta das expectativas de mercado para o acompanhamento das evoluções das principais variáveis fiscais do país. Concebido por especialistas da área econômica, o relatório oferece um aprimorado estudo fiscal para o país, e ainda facilita o controle social através de uma ancoragem de estimativas e projeções relativas ao desempenho das mais importantes variáveis fiscais do Brasil.

 

 

 

 

This entry was posted in Postagens. Bookmark the permalink.